quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Meu mais novo amigo de infância

Meu guarda-roupa ganhou um novo e indispensável componente: o cinto!!! Não sei como vivi tanto tempo sem dar atenção a ele. Primeiramente ele veio para segurar as calças que estão sempre caindo. Agora ele tornou-se indispensável para dar uma cara nova as blusas que estão gigantes. Fominha como sou adquiri logo 3 de uma vez. Preto/marron, marron e vermelho/bege. Dupla face, amor, porque assim são logo dois em um... Faz um estilo assim meio largado, meio desconjuntado e eu adoro! Semana passada fui a feira de artesanato com o maridão pra comprar mais com a desculpa que era pra filha. Não deu pra levar nenhum...maridão não tem paciência nenhuma e ficou falando que era melhor eu levar a Júlia para escolher. Desculpa não colou, mas semana que vem vou sozinho e arraso... o cartão de crédito que me desculpe, mas eu preciso tanto!!!

9 comentários:

  1. Tambem adoro citos, mas nao posso usar AINDA...nenhum me servekkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Ahhh esqueci de falar ja estou te seguindo, adorei seu canto....

    ResponderExcluir
  3. Ai ai que é bom fazer as pases com nos mesmas né,tbm estou precisando de uns cintos novos.kkk
    bjos

    ResponderExcluir
  4. É isso aí Clau... usar cinto não tem preço kkkk, bjsss

    ResponderExcluir
  5. UHUUUUUU
    ANDO USANDO DIRETO
    CINTO
    O QUE ERA ISSO ANTES????
    HAHAHAHAHAHAHA
    SOMOS METIDAS AMIGAS!
    BEIJOOO

    ResponderExcluir
  6. Quem disse que eu acho cinto? Tenho calça caindo mas nao acho de jeito nenhum AINDA. MAs o sinto dá um charme né, eu sou louca pra usar. Beijossssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Nunca usei cinto.. me sentia um 8 quando colocava...

    Daqui uns meses vou experimentar comprar um!

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Cláuida!
    Cinto é um luxo mesmo!
    Aliás... cinto bolsa e sapato!!!!!!
    Você compra na feira hippie, na afonso pena?? Os de lá estão maravilhossos e os preços também estão ajudando.
    bjs

    ResponderExcluir

Pode falar a vontade...